20 abril 2007

Fetichismo


Fetiche vem do francês fétiche e significa "feitiço". O termo não poderia ser melhor escolhido. Realmente, os fetichistas
ficam enfeitiçados pelo objecto que os excita. Pode ser por uma parte do corpo ou vestuário de mulher. É mais comum nos
homens porque eles tendem a tomar a parte pelo todo, que é uma característica do fetichismo. Como o homem se estimula
mais visualmente, uma lingerie ou um par de belas pernas o excita. A mulher, ao contrário, encara o sexo de forma mais
ampla, valorizando o vínculo mais afectivo. O fetichismo pode desenvolver-se lentamente ou aparecer de repente. Varia de
acordo com a época e os povos. Antigamente, os japoneses sentiam forte atracção pelos pescoços compridos, e os
chineses, pelos pés pequenos das mulheres. No século passado, na Europa, os homens sentiam-se atraídos pelas formas
arredondadas das mulheres; posteriormente, os seios tiveram o seu destaque. Actualmente, são as coxas, as pernas, e as
nádegas - com a musculatura bem definida , realçadas pelas roupas aderentes - que estão fazendo nascer um novo
fetichismo. É importante esclarecer que o fetichismo só se torna uma parafilia (actividade sexual na qual o indivíduo, para se
excitar, precisa de práticas sexuais não usuais) quando SÓ ele provoca a emoção sexual. Nesses casos, o indivíduo
despreza a relação sexual pela particularidade anatómica ou vestimentária, que é o objecto de sua paixão. Frequentemente,
o contacto com esses objectos se dá através do acto de acariciá-los, beijá-los, lambê-los acompanhado de fantasias sexuais
ou masturbação. Segundo pesquisas, os fetichistas têm dificuldade de relacionamento social, vivendo isolados e com pouca
capacidade de estabelecer intimidade. Freud atribuiu a origem do fetichismo às primeiras experiências eróticas da infância,
nas quais objectos foram associados a uma forma particular e altamente eficaz de excitação ou prazer sexual. As associações
e simbologias ligados aos fetiches, são as mais variadas possíveis, porém, nem sempre racionais. A lingerie branca, por
exemplo, sugere a pureza; a preta e a vermelha, a ousadia; já as roupas de couro lembram o sadomasoquismo. O fetiche
pode ser um tempero saudável para a sexualidade compartilhada, dando-lhe mais graça e sabor, quando os parceiros
entendem, aceitam e participam. Dessa forma, o fetiche só pode fazer bem ... e, no fundo, no fundo, somos todos um pouco
fetichistas... .

19 comentários:

amaciador disse...

hummm. Obrigado uma vez mais.
Esclarecido. E que não tivesse o senhor freud no meio dessa conversa toda LOL

sobre o fim:
e, no fundo, no fundo, somos todos um pouco
fetichistas... .


Eu assumo! Sou um fetichista! LOL Vejo uma bela nadga de gajo e pronto. É quanto baste para fazer a minha imaginação voar lol

Hug's

Taras disse...

Olá, obg pela tua visita!

E o teu blog é fantástico, já andei a viajar por aqui, tem imensos conselhos úteis e textos muito bem escritos.

Há alguma foto que seja da tua pessoa?... curiosidade!

Beijinhos. Volta sempre. Eu voltarei para me documentar.

M.J. disse...

Meu Deus!
Tocaste no ponto certo: o fetiche.
Todos nós temos fetiches.Uns considerados normais e outros mais arrojados,extravagantes ou até mesmo bizarros.
O meu é daqueles que catalogo o dito normal:o chicote.
Para mim, como para todos os gostos, este fetiche só vem dar mais tesão-e dor- àquele momento de erotismo,sensualidade e prazer sexual.

mInErVa disse...

Somos todos um pouco fetichistas...não estou bem de acordo. O fetiche é uma coisa da qual a pessoa depende para ter prazer. É uma adicção.
Acho que o que somos é todos fantasiosos.
Bjo e Bom Fim de Semana

*ScOrPiOn* disse...

Como ja disseram anteriormente, todos somos fetichistas, uns mais que os outros, como é obvio!

As coisas que se aprendem no teu blog:D

*Beijoz

Rafaela disse...

◢◣   ◢◣
   ◢■■◣ ◢■■◣
  ◢■■■■■■■■■◣
 ◢■■■╭~~*╮((((( ■■■◣  
 ◥■■■/( '-' ) (' .'  ■■■◤
  ◥■■■/■ ..../■ ■■◤ 
   ◥■BOM DIA!!!■◤
    ◥■■■■■◤
     ◥■■■◤ 
      ◥■◤
       ▼
        \
         \
Bom fim de semana. Bjosss!!

Casal Inviters disse...

concordo com o scorpion
bjs de bom fds.

Menina do Rio disse...

Todos temos nosso fetiche. E quem não os tem?

Adorei tudo aqui


beijinhos

Escorpiana Explosiva disse...

lindo o q escreveu valeu a visita.abraço

Skin on Skin disse...

São precisos 2 para dançar o tango, né? Tenho alguns...mas não digo! ehehhe

Beijokas on skin

un dress disse...

fetiche...também pode ser não ter fetiche?

(eu, em directo do correio sexual....)

e afinal os fetiches também são culturais: têm a ver com tempos, épocas...



beijO :)

luafeiticeira disse...

E há que dizer também que as mulheres se excitam mais ao sentirem-se com roupas eróticas, com fetichismos que provoquem os homens. Quase diria que ao homem o voyeurismo, ligado ao fetichismo, e à mulher o exibicionismo (do fetichismo). Continua a dar lições, mas (um conselho), emenda as palavras de ortografia "brasileira". Jocas

Luís Lourenço disse...

Começo por agradecer a tua visita e comentario ao meu blog (roteiro511.blogspot.com)
Como deves saber tens um blog com um longo historial de posts. Não consegui ler todos, mas li alguns, e fiquei completamente deliciado com ele...
Acho que se aprende muita coisa neste blog...
Em nome de toda a população agradeço a existencia deste blog, porque de certeza que daqui para a frente as pessoas vão ter menos duvidas e menos perconceitos em relação a esse tão belo tema que o sexo!
Cumprimentos.

Maria disse...

"... e, no fundo, no fundo, somos todos um pouco fetichistas... ."

Grande verdade mas que poucos admitem, fantasiar é dar uma nova dimensão e sensualidade em tudoooo...
Beijitos

Perdido no Tempo disse...

Quando o desejo é partilhado é bom inovar.

Abraço

Vity disse...

Ola,

Concordo que todos possamos ter alguns fetiches e que quando usados de forma equilibrada pode ser excitante e prazeirosa numa relação sexual, mas como em tudo, quando se abusa pode fazer mal, e, quando as pessoas dependem de fetiches para se "realizarem" sexualmente deixa de ser saudável e passa a doentio.
Encaro os objectos de fetiche como elementos que se podem usar em determinados momentos, para apimentar um momento, nada mais...
Beijo
Vity

Alma Nova disse...

o fetichismo, quando ligado à imaginação e descoberta a dois, só pode ser uma valorização para qualquer relação. Jokitas.

João disse...

Olá
Adorei o teu blog
Voltarei mais vezes.
Beijinhos

Maria Strüder disse...

A sexualidade impera desde a nascença do individuo