02 maio 2007

Técnicas Chinesas





De acordo com a filosofia taoísta, sobre a qual se baseia o pensamento chinês da Antiguidade, o sexo não é algo a ser feito rapidamente e sobre o qual não se deve
falar. Trata-se de uma arte a ser estudada, praticada e aperfeiçoada sempre que possível.

Os livros de almofadas são manuais nos quais estas técnicas são apresentadas, visando analisar as necessidades sexuais de homens e mulheres. A essência do enfoque
taoísta com relação ao sexo é a de que fazer amor estimula o fluxo de energia vital Yin/Yang entre um homem e uma mulher. Mas para que isto ocorra é fundamental
que os dois parceiros estejam verdadeiramente satisfeitos, pois só assim o fluxo energético tem efeito benéfico.

Estas técnicas não se referem apenas ao ato sexual em si, mas também às condições de aproximação e do ambiente no qual se dará a relação. Segundo um velho
conselho chinês "ir para a cama com a disposição inadequada é a causa mais comum da impotência". Alguns detalhes, como iluminação subtil, lençóis de cetim e música
suave, podem transformar um mero quarto de dormir em um ambiente convidativo ao sexo.

Sugeriam também que os casais examinassem um livro de almofadas antes mesmo de se tocarem, assim poderia haver um relaxamento e um consequente alto grau de
excitação (as gravuras destes livros eram altamente eróticas, mesmo para os padrões actuais). É então completamente natural que vários casais actualmente utilizem
revistas e vídeos a fim de alcançar o mesmo efeito. Os antigos mestres ressaltam também a importância das massagens, carícias generalizadas e palavras carinhosas
para que o casal atinja uma plena excitação.

As melhores posições

Como não poderia deixar de ser, os livros de almofadas apresentavam ainda uma série de instruções sobre as diversas posições amorosas. O objectivo era tornar possível
manter sempre acesa a chama da vitalidade por meio da busca de novas experiências. E também propiciar ao casal uma forma solta e brincalhona de explorarem seus
corpos. Isso elimina a pressão no sentido de actuar bem e ambos podem deixar seus sentidos prevalecerem.

Aqui estão algumas destas posições e jogos sugeridos pelos mestres taoístas:

Despertando a bela adormecida
Aqui, a Sra. Yin fica deitada, bem quieta, de olhos fechados, fingindo dormir. O Sr. Yang despe-a lentamente, mas o corpo dela permanece flácido e sem vida. Como os
beijos e as carícias não parecem ter efeito, ele, então, começa a acariciar os seios dela e a pérola no Degrau de Jade (clitóris). A Sra. Yin fica cada vez mais excitada,
até que salta de encontro ao Utensílio de Ferro do Sr. Yang, e este golpeia apaixonadamente o Portão de Jade.

O cego nu
Trata-se de outro jogo, no qual ambos os parceiros ficam com os olhos vendados e começam a procurar um pelo outro, dentro do quarto. Quando a Sra. Yin é
capturada, o coito acontece com ela ainda com os olhos vendados.

Os galhos de pinheiro entrelaçados
Os amantes sentam-se com as pernas sobre a cama. A Sra. Yin senta-se sobre os pés do Sr. Yang com as pernas esticadas sobre as dele, e os pés sobre seu
estômago. Quando o desejo aumenta, lançam-se simultaneamente para a frente. As pernas da Sra. Yin se separam e o Talo de Jade penetra no Portão de Jade.

Os patos unidos em vôo
O Sr. Yang deita de costas. A Sra. Yin senta-se sobre a barriga dele, de costas para ele, e começa a acariciar o Talo de Jade. Quando ele está totalmente ereto, ela
usa ambas as mãos para conduzi-lo até dentro da Vala Dourada.

Dois goles com um único coração
Aqui a Sra. Yin deita-se de costas com o Sr. Yang por cima. Ele abre as pernas dela o máximo possível, até que elas lembrem um pássaro com as asas abertas. O Sr.
Yang, então, encosta no Vale Escarlate e realiza o encaixe.

Sobre o arco-íris
Para amantes cheios de energia, esta posição é talvez dentre todas a que permite o maior grau de penetração. Deve ser tentada apenas quando os dois estão muito
excitados, de preferência após já terem experimentado as posições mais simples. O Sr. Yang ajoelha-se na cama, sentando-se sobre uma almofada colocada sob suas
coxas. A Sra. Yin senta-se sobre os joelhos dele e inclina-se para trás até que sua cabeça toca a cama e seu corpo fica arqueado como um arco-íris. O Sr. Yang então
segura-a pelos quadris, golpeando para cima com a Ferramenta de Ferro e acariciando a Pérola no Degrau de Jade, enquanto a Sra. Yin permanece curvada para trás.
.

25 comentários:

Moura ao Luar disse...

Fiquei com vontade de as experimentar a TODAS

Memórias de Um Sorriso Luso disse...

"o sexo não é algo a ser feito rapidamente "...concordo plenamente.Sou adepta de todas as praticas que possam aumentar o desejo...e o prazer.

Take care

pecado original disse...

O prazer nasce inato com alguns, com outros vai-se praticando. Mas teorias do prazer são tão relativas que a perfeição do teu texto conquistou-me.

;)
beijoooo

NaTuaBoca disse...

Realmente dá vontade de as experimentar todinhas com muita calma num ambiente fabulástico ;)
Aproveita e visita o meu novo blog
Bjo NaTuaBoca ****

Som Do Silêncio disse...

... uiiiii acho que vou ver se arranjo alguém pra experimentar essas delicias todas..
Beijitos

luafeiticeira disse...

Obrigada pela nova informação, talvez um dia me baseie numa dessas posições e utilize esses termos para um dos meus contos.
jocas

Jivago_Pt disse...

Parabéns, belíssimo trabalho neste Blog, continuem assim.
Sou visitante assíduo do vosso Blog e gosto imenso de todo o conteúdo e artigos.
Convido-os a visitar também o nosso Blog de Amor & Prazer, que pretendo divulgar em toda a comunidade Blogueira e melhorar.
Façam favor de visitar e dar a vossa opinião.
http://amorprazer.blogspot.com/
Obrigado, parabéns e boa sorte para o vosso Blog, Jivago

Lu@r disse...

Bem deu cá uma vontade de sentir uma chinesa...

:)

Jivago_Pt disse...

está fantástico este post e este Blog, continua com o bom trabalho.

Diva disse...

Belas dicas tens aqui no teu blog. Voltarei com mais calma. Tens mta coisa interessante por aqui.
Bjs meus

João Cordeiro disse...

Aqui aprendo sempre.
E eu que pensava saber tudo ;-)))



O sonhador

un dress disse...

assim como dizes...poesia.

lida num livro intemporal...

copiado e ilustrado à

pena...





beijO :)







beijO

Fúria das Águas disse...

Vou guardar as dicas direitinho rsrsr.
Um beijo
Furia

impulsos disse...

As técnicas para amar... nem sempre se conseguem praticar...
Há que seguir o instinto e o impulso do momento!

Obrigada pela visita, pelas palavras e pelo lindo poema lá deixado!

Beijo num impulso

ci disse...

isso mesmo nada de tabus...:)

beijos incomuns

zeze disse...

Olá
Gosto muito dessa do pato em voo, eu dei-lhe outro nome,Á Matador, pois nunca falha por mais cansado que esteja...

Bia disse...

De facto saber amar e manter o ambiente propício a que uma relação perdure tem muito que se lhe diga, gostei quando escreveste."de facto ir para a cama com a disposição inadequada é a causa mais comum da impotência..." é também a causa mais comum do desgaste da maioria dos casais, confesso que a primeira vez que por aqui passei não me senti á vontade para comentar, agora comento com a maior das naturalidades porque o assunto que abordas deveria ser do interesse de todos.
Bom fim de semana

Alma Nova disse...

Mais uma vez abordas de uma forma natural e clara um assunto do qual ainda muita gente se inibe de comentar. O sexo não é mais do que o fechar de um círculo entre duas pessoas. Deve ser vivido em pleno e apreciado na totalidade da junção dos implicados. Tudo o que pode aumentar o prazer dos dois deve ser levado em linha de conta. Jokitas.

Skin on Skin disse...

Boas dicas...
Gostei de todas...vou fazer todassss! Se bem que já experimentei algumas! ;)
Só não gosto de gente calona! eheheh

Beijokas on skin

luafeiticeira disse...

O prémio está atribuido no meu blog, pode ser que da próxima ganhes tu e te ofereça um a ti. jocas

Ana disse...

As coisas que se aprende aqui!

=**

Miss.M disse...

ao contrário de outras que defendem que o sexo sempre com a mesma pessoa é algo desinteressante por se tornar rotineiro, eu defendo que o melhor sexo é aquele que se baseia na experiencia e no conhecimento dos corpos. no meu e no do outro. Todos os toques são exactos, as palavras vão-se tornado desnecessárias. Porque já conhecemos toda a epiderme e sabemos como causar o exacto arrepio que nos é pedido com o olhar!

marco disse...

vou decorar e experimentar isso tudo!

♥Princess♥Fabiana♥ disse...

Gostei de " O cego nú " mas todas as hipóteses dão vontade de experimentar :)
Um bjo Fabi ***

Vesúvia disse...

oh pah...
fartei-me de rir :D 5estrelas ^^

o do cego nu, é assim uma versão quarto escuro mais intima :P lol
gostei!

beijinhos quentes