11 dezembro 2006

Bolo do Amor




Ingredientes:

1 cama quente
2 corpos diferentes previamente lavados
500g de carícias
1 banana, não muito madura
2 tomates com pele
2 marmelos
1 forno devidamente aquecido e bem lavado
Beijos (quantidade escolhida).
Tempo mínimo de cozedura

- 15 minutos

Confecção:

Introduzir delicadamente os 2 corpos na cama, adicionando 50g de beijos ou mais, conforme a sua preferência.
Cobrir a superfície dos corpos com 500g de carícias (pode adicionar mel ou açúcar).
Agitar com as mãos os marmelos até estes ficarem ligeiramente rijos mas de forma a não machucarem.
Meter a banana previamente aquecida com a ponta dos dedos, no forno, à temperatura ambiente.

Recomendações:
Deixar os dois tomates com pele no exterior.
Manobrar a banana delicadamente em sentido vai-vem.
Fazê-la sair de tempos em tempos e voltar a metê-la, controlando assim a cozedura e com a preocupação de esta não perder o sumo antes do tempo.

Atenção especial:
Não bata as claras em castelo.

Nota: O tempo de cozedura pode variar com a marca e tipo de forno utilizado.
Deixe arrefecer se não usou nenhum produto, desenforme nove meses depois.
Se usou, lave bem a forma e a banana e estão prontos para outro bolo.

Recomendação especial:
Não se importe de repetir frequentemente a receita, a fim de saboreá-la, pois além de fazer muito bem à saúde e ao espírito, cada vez que se prova é mais gostoso!

BOM APETITE!!!!!
CUIDADO COM A GULA HÁ HÁ HÁ

1 comentário:

ana disse...

acho que o blog está mt interessante...apresenta diferentes aspectos acerca da sexualidade, enfatizando o papel quer da Mulher quer do Homem, no que se designa de actividade sexual... sabes que para mim a actividade sexual só faz sentido, se na sua essência existir amor...na minha opinião o tocar, beijar, abraçar, só são autênticos quando se ama a pessoa em questão...
quando tal não acontece, tudo não passa de um jogo de interesses por parte de um animal carnal... mas atenção esta é somente a minha opinião.... já que eu prefiro amar e ser amada do que atrair e ser atraída por uns ínfimos momentos....
são blogs como este que fazem falta na soociedade em que vivemos...continua, pq d facto, esta mt bem conseguido...